Todas os países do G-20 tiveram queda do PIB no 2º trimestre, menos a China

Na média, o documento da OCDE mostrou que o PIB do grupo dos países mais ricos do mundo teve uma queda inédita de 6,9%, já os chineses cresceram 11% no mesmo período
  • Por Redação
  • 14 set, 2020

Nesta segunda-feira (14), segundo relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), o Produto Interno Bruto (PIB) da maioria dos países que integram o grupo das 20 maiores economias do mundo (G-20) foram atingidos com uma queda recorde no segundo trimestre diante das medidas impostas pelos governos de isolamento e bloqueios durante a crise do coronavírus. 

Na média, o documento mostra que o PIB dos integrantes do grupo teve uma retração inédita de 6,9% entre abril e junho em comparação com os três primeiros meses do ano e 9,1% em relação ao igual período de 2019.

A China foi o único membro do G-20 a ter crescimento no segundo trimestre, com expressivos 11,5%. 

Os piores danos foram sentidos na Índia, de 25,2%, e no Reino Unido, de 20,4%. Grandes quedas também aconteceram no México (-17,1%), África do Sul (-16,4%), França (-13,8%), Itália (-12,8%), Canadá (-11,5%), Turquia (- 11%), Brasil e Alemanha (-9,7% em ambos os países), Estados Unidos (-9,1%), Japão (-7 9%), Austrália (-7.0%) e Indonésia (- 6.9%).