Bilionário progressista vai injetar milhões em movimentos de esquerda na América Latina até 2023

O empresário George Soros é mundialmente conhecido por investir milhões de dólares em ONGs e movimentos de viés progressista
  • Por Redação
  • 28 set, 2020

Com bandeiras de "justiça social", "questões de gênero" e alegando caminhos para fortalecer os “contrapoderes de uma já desgastada democracia representativa”, a Open Society Foundations (do empresário bilionário progressista George Soros) e a Fundación Avina e a Luminate lançaram a Pulsante, organização que atuará na América Latina em movimentos sociais e terá injeção financeira de US$ 3 milhões (R$ 16 milhões) até 2023. 

De acordo com o site da Pulsante, a iniciativa visa impulsionar uma cidadania ativa que possa influenciar as relações de poder, que incluem “a voz de setores tradicionalmente excluídos e pouco representados” com o objetivo de financiar grupos como "organizações e coletivos da sociedade civil organizada". 

Os grupos que se enquadrarem nas políticas da entidade no "Fundo de Resposta Rápida" serão selecionados e poderão ter investimentos entre US$ 10 e US$ 15 mil (R$ 53 mil e R$ 79 mil), além de "apoio técnico em temas como: campanhas, comunicação, incidência política e outros". Os benefícios aos selecionados terão duração de 3 a 6 meses e mensalmente serão analisadas novas inscrições. 

Em dezembro, a organização abrirá inscrições para outras áreas, com injeção financeira de até US $ 150.000 (Mais de 843 mil reais)

"Queremos fomentar o que há de novo e inclusivo nos dias de hoje, para termos democracias mais fortes e representativas”, afirmou Rafael Georges, representante da Luminate no Brasil. 

O empresário George Soros é mundialmente conhecido por investir milhões de dólares em ONGs e movimentos de viés progressista.