Polícia Federal encontra dinheiro escondido entre as nádegas de senador e vice-líder do governo

Chico Rodrigues, do DEM, foi alvo da operação "Desvid19", que apura desvio de dinheiro público destinados para o combate ao coronavírus
  • Por Redação
  • 15 out, 2020

Em operação deflagrada dessa quarta-feira (14), a Polícia Federal encontrou cerca de R$ 30 mil escondidos na cueca do senador e vice-líder líder do governo no Senado, Chico Rodrigues (DEM-RR). Segundo informação da revista Crusoé, parte do dinheiro estava escondido entre as nádegas do parlamentar.

A operação Desvid19, que cumpriu sete mandados de busca e apreensão em Boa Vista (RR), investiga esquema de desvio de verbas públicas destinadas ao combate da pandemia do coronavírus no estado de Roraima. 

De acordo com as apurações da Polícia Federal, teriam sido desviados cerca de R$ 20 milhões oriundos de emendas parlamentares.

Chico Rodrigues divulgou nota à imprensa em que se defende das acusações. "A Polícia Federal cumpriu sua parte em fazer buscas em uma investigação na qual meu nome foi citado. No entanto, tive meu lar invadido por apenas ter feito meu trabalho como parlamentar, trazendo recursos para o combate à Covid-19 na saúde do estado", afirmou o senador. 

A deputada federal Bia Kicis comentou o caso em suas redes sociais e afirmou que é necessário com urgência a retirada do senador da "vice liderança do governo" para que não "paire nenhuma dúvida de que o governo @jairbolsonaro é intransigente com a corrupção".

"Chocada com o resultado da operação de hoje da PF. O Senador do DEM precisa ser destituído a jato da vice liderança do governo para que não paire nenhuma dúvida de que o governo @jairbolsonaro é intransigente com a corrupção", escreveu.

Paulo Eduardo Martins, deputado federal, afirmou que "Bolsonaro tem que destituir" Chico Rodrigues "sob pena do sujeito enfezar o governo e o país", em referência ao local onde parte do dinheiro foi encontrado.