Brasil é o sexto país que mais gasta com servidores públicos, mostra estudo

Os gastos do país com salários de servidores são mais altos que países desenvolvidos
  • Por Redação
  • 27 out, 2020

Em um levantamento feito pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgado nesta terça-feira (27), o Brasil ocupa a 6ª colocação entre os países que mais gastam com funcionalismo público, em um ranking com 70 países. 

Os gastos no Brasil foram equivalentes a 13,4% do PIB (Produto Interno Bruto) em 2018, à frente de países desenvolvidos e que são reconhecidos pela grande participação do Estado, como a Suécia (12,7%), França (12,1%), Itália (9,5%) e Alemanha (7,5%). 

"A reforma administrativa, em tramitação no Congresso, é um caminho para reduzir e racionalizar o gasto público, a fim de melhorar a qualidade e a eficiência do atendimento prestado à população”, avalia o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade. “O Estado precisa ter condições de responder pelo funcionalismo, mas também aos anseios da sociedade por serviços essenciais como saúde, educação e transporte”.