Trump ordena ao Pentágono que milhares de soldados americanos deixem o Iraque e o Afeganistão e retornem aos EUA

O anúncio, feito pelo secretário de Defesa interino dos EUA, Christopher Miller, cumpre promessa feita pelo presidente americano de trazer tropas do país de volta para casa assim que possível
  • Por Redação
  • 18 nov, 2020

Nessa terça-feira (17), o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ordenou ao Pentágono que retire 2.500 soldados americanos do Afeganistão e do Iraque até janeiro de 2021. 

O anúncio, feito pelo secretário de Defesa interino dos EUA, Christopher Miller, cumpre promessa feita pelo presidente americano de trazer tropas do país de volta para casa assim que possível. 

Esta decisão do presidente é baseada no envolvimento contínuo com seu gabinete de segurança nacional ao longo dos últimos meses, incluindo discussões contínuas comigo e meus colegas em todo o governo dos Estados Unidos”, disse Miller aos repórteres em coeltiva no Pentágono. “Se as forças do terror, instabilidade, divisão e ódio começarem uma campanha deliberada para interromper nossos esforços, estaremos prontos para aplicar as capacidades necessárias para frustrá-los”.