Pfizer pede autorização nos EUA, nesta sexta-feira, para usar vacina contra Covid-19

Além do envio de solicitação à agência americana, a Pfizer e a BioNTech afirmaram que já iniciaram solicitações a órgãos regulatórios em todo o mundo
  • Por Redação
  • 20 nov, 2020

As empresas Pfizer e a BioNTech anunciaram que vão solicitar, nesta sexta-feira (20), uma autorização de uso emergencial para a aplicação da sua vacina contra o novo coronavírus ao orgão americano Food and Drug Administration (FDA). 

A vacina BNT162b2 será a primeira a buscar aprovação regulatória nos Estados Unidos e estará disponível para uso em populações de alto risco nos EUA até o final de dezembro.

Além do envio de solicitação à agência americana, a Pfizer e a BioNTech afirmaram que já iniciaram solicitações a órgãos regulatórios em todo o mundo.

Nosso trabalho para fornecer uma vacina segura e eficaz nunca foi tão urgente, pois continuamos a ver um aumento alarmante no número de casos de COVID-19 em todo o mundo",  afirmou Albert Bourla, CEO da Pfizer, em comunicado. "O registro nos Estados Unidos representa um marco crítico em nossa jornada para entregar uma vacina contra Covid-19 ao mundo e agora temos uma visão mais completa da eficácia e do perfil de segurança de nossa vacina, o que nos dá confiança em seu potencial”.