Justiça derruba decisão que obrigava Bolsonaro a usar máscara em locais públicos

A desembargadora do TRF-1 Daniele Maranhão Costa acolheu o pedido da AGU, que havia recorrido contra a liminar
  • Por Redação
  • 30 jun, 2020

A desembargadora do TRF-1 Daniele Maranhão Costa derrubou a liminar que determinava que o presidente da República, Jair Bolsonaro, usasse máscaras em locais públicos do Distrito Federal, sob pena de multa diária de R$ 2 mil em caso de descumprimento da decisão.

Daniele acolheu o pedido da AGU, que havia recorrido contra a liminar. De acordo com a desembargadora, o fato de já existir um decreto obrigando os moradores do Distrito Federal a usarem máscaras em lugares públicos “esvazia a necessidade de intervenção do Poder Judiciário para reconhecer a mesma obrigação já constante da norma”.