Trump diz que esquerda americana é responsável por violência e alerta que eles querem acabar com a religião

O presidente americano alertou que a religião estará em risco no país se Joe Biden vencer as eleições presidenciais em novembro
  • Por Redação
  • 19 jul, 2020

(©Getty Images)

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou neste domingo (19) que os democratas (esquerda nos EUA) são os culpados pela violência nas principais cidades do país e alertou que, se o candidato democrata à presidência, o ex-vice-presidente Joe Biden, vencer a eleição em novembro, a religião poderá estar em risco nos EUA. "A religião deixará de existir", disse o presidente americano à Fox News.

Ele apontou que os políticos democratas mantiveram as igrejas fechadas durante a pandemia do coronavírus, nem mesmo permitindo que fossem realizadas reuniões ao ar livre, com distanciamento social. 

Trump afirmou que a violência que ocorre em cidades como Seattle, Portland e Chicago se deve em grande parte à liderança dos democratas. Atualmente, agentes federais estão em Portland combatendo distrubios e manifestantes violentos que foram às ruas nos protestos de movimentos como o Black Lives Matter.

"Isso ficou totalmente fora de controle", disse Trump. "Eles querem cortar o financiamento da polícia."

O presidente americano também afirmou que os democratas são responsáveis pela "cultura do cancelamento", em que progressistas estão se movendo para derrubar monumentos e atacar símbolos da história e fundação do país. "Não podemos cancelar toda a nossa história", disse o presidente. "Não podemos deixar que eles mudem todo o significado do que somos".