Doria pede verba do governo Bolsonaro para ampliar produção da vacina chinesa contra o coronavírus

O governador diz que pediu ajuda do governo federal para multiplicar produção da “Coronavac” de 60 milhões para 120 milhões de doses
  • Por Redação
  • 26 ago, 2020

Nesta quarta-feira (26), o governador de São Paulo, João Doria, disse que solicitou verba do governo federal para ampliação da produção da vacina desenvolvida pelo Insituto Butantã em parceria com um laboratório chinês.

VÍDEO: Ativistas de esquerda do Black Lives Matter nos EUA tentam obrigar mulher a fazer gesto do "punho cerrado"

"São Paulo precisa, sim, de recursos do governo federal e de recursos do setor privado para multiplicar sua capacidade de produção de 60 para 120 milhões de doses", afirmou Doria. “Solicitamos a mesma quantidade de recursos que foi destinada ou anunciada pelo governo federal para a Fiocruz para o Instituto Butantan. Não há razão de privilegiar uma instituição em detrimento de outra, sendo que o Butantan é o maior produtor do Brasil, América Latina. Somos a favor da Fiocruz, mas defendemos a mesma quantia, valor para a mesma finalidade".